frange@nsaadvocacia.com.br
SP (11) 3937 6434 / Rondonópolis - MT (66) 3423 3543 / Cuiabá - MT: (65) 2136-3070 / Belo Horizonte - MG: (31) 3308-9470

Blog

Dicas, notícias e conceitos sobre recuperação judicial de empresas

Dona da Sufresh e Feel Good pede recuperação judicial após bloqueio da Receita

Proibida de emitir notas fiscais, a Wow Nutrition Indústria e Comércio, fabricante dos sucos Sufresh e dos chás Feel Good, entre outros produtos, entrou com pedido de recuperação Judicial na Justiça de São Paulo no último dia 14. O motivo teria sido a investigação da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo por dívidas fiscais. No dia 1º de junho, a Secretaria bloqueou a emissão das notas, impedindo assim o funcionamento da companhia. Como sequência a esse bloqueio, não houve opção, senão pedir a recuperação judicial, de forma a prosseguir com as operações da Wow, mantendo os mercados abastecidos e preservando empregos”, afirmou a companhia, em nota.

À época da decisão, a companhia reconheceu que “há débitos e créditos com a Receita estadual paulista”. Texto enviado a imprensa informou que possui “créditos superiores a R$ 100 milhões, valor maior que a dívida alegada pelo órgão” – a dívida seria de R$ 89 milhões, valor que a empresa pretende negociar via substituição tributária.

De acordo com o texto enviado à imprensa, a companhia “passou por um ciclo de crescimento acelerado até 2014, período em que realizou grandes investimentos para atender uma demanda crescente e, assim, aumentou seu nível de endividamento”. A dificuldade começou quando, entre 2015 e 2016, “o mercado de bebidas como um todo sofreu forte queda de vendas, sendo que, no ano passado, a principal categoria para a empresa, composta pelos néctares de frutas, encolheu 27%”. Consta no pedido de recuperação judicial a renegociação de uma dívida de R$ 392,3 milhões.

Terceira maior empresa de sucos prontos do Brasil, a Wow perde apenas para o Del Valle, da Coca-Cola e para a soma entre Magary e Dafruta, ambos da empresa Britvic. Além dos sucos e chás, mercado em que perde apenas da Leão, a companhia é famosa por rótulos como Assugrin, Caferazzi, Soyos e Doce Menor.

Leave a Reply